domingo, 15 de novembro de 2015

A FALÁCIA DE ADRIANO

No debate promovido pela TV COM o candidato Paulo Brincas afirmou que durante a gestão de Adriano Zanotto foi defendido o reajuste do valor do plano de saúde da CAASC com base na denominada sinistralidade.

Procurei nas revistas da Seccional da época de Adriano e confirmei que em 2003 realmente foi justificado o aumento do valor do plano de saúde com base no seu índice de utilização, ou seja, na sinistralidade.

O mesmo critério utilizado para justificar o aumento em 2003 foi utilizado por Paulo Brincas em setembro passado. Foi o que bastou para Adriano passar a atacá-lo como se tivesse cometido um crime de lesa pátria. Não sei se o problema de Adriano é memória fraca ou - como ele diria - de caráter (quem viu o debate sabe do que estou falando).

Segue reprodução da justificativa publicada na revista da OAB/SC de junho de 2003:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.